Skip to content

Pandemia

Exposição Colectiva

Museu Nacional de História Natural e da Ciência (MUHNAC)

Inauguração: 15 julho
Exposição: até 30 de setembro

Whispering Mirrors

Exposição Individual de Rodrigo Gomes

Carpintarias de São Lázaro

Inauguração: 6 agosto
Exposição: até 26 setembro

Bit Street

Paineis electrónicos da MOP – TOMI-LX

De julho a setembro

House of Thoughts

Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa – FBAUL, Carpintarias de São Lázaro e Online

Em setembro e outubro

Bem-vindos à quarta edição do The New Art Fest — where art meets technology.

The New Art Fest é um festival de arte, ciência e tecnologia, que acontece em Lisboa desde 2016.

Focado na relação instrumental entre arte, electrónica digital, programação computacional, inteligência artificial, robótica, Internet e redes sociais, o The New Art Fest tem como opções curatoriais as relações entre arte e a sociedade a partir das interações entre teoria, crítica, ciência e novas tecnologias. Pretende ainda ser uma plataforma de disseminação de experiências inovadoras.

Durante a preparação da edição do New Art Fest de 2020 ocorreu e ainda perdura um evento mundial catastrófico, invisível, mas altamente destrutivo. A vida cotidiana tombou como um castelo de cartas. Museus e galerias de arte fecharam. Os artistas deixaram de poder trabalhar nos seus estúdios. A nossa vida tornou-se ainda mais digital e mais online, deixando os espaços físicos entregues à incerteza. As tensões políticas em todo o mundo deram o empurrão que faltava para uma tempestade perfeita e para a histeria colectiva. Os patrocinadores desapareceram. O festival ficou, de repente, a flutuar num vazio físico e orçamental.

Havia então duas opções: cancelar tudo o que estava previsto, deitar ao lixo um ano de trabalho, ou migrar em força para as plataformas online. A opção foi não desistir, e assim avançámos para um festival radicalmente desmaterializado, esperando tirar o melhor partido das suas quatro secções: Geração Y, Bit Street Honk Kong, Maker Art e The House of Thoughts. Na ausência de um cubo branco livre de vírus, The New Art Fest 2020 teve que migrar para o éter tecnológico, substituindo o espaço pelo tempo. Isto é, um artista de cada vez…

A exposição GEN Y – Geração Y, reune obras de referências de 12 autores chineses nascidos depois de 1980, inaugurou no dia 9 de julho 2020. A exposição Maker Art, resultado de um Open Call internacional sob o tema Pandemia, que atraiu mais de 150 artistas de todo o mundo, reune obras de 50 artistas, abriu as suas portas digitais a 29 de julho 2020. Bit Street Hong Kong, resultou da parceria entre The New Art Fest e o Content Lab – uma das principais instituições de ‘new media art’ na China, apresentou obras de 4 artistas de Hong Kong,  escolhidos por Isak Lang, curador de Videotage, foi exibido durante os meses de agosto e setembro nas plataformas digitais da MOP-Tomi em Lisboa. A secção House of Thoughts, teve a sua primeira sessão a  7 de agosto 2020, com uma conferência internacional em Zoom, com os artistas e o curador do Bit Street. 

Em 2021, o The New Art Fest, retoma a programação de 2020 e regressa à cidade de Lisboa, desta vez com uma programação in-loco.

De julho a setembro marcamos presença no Museu Nacional de História Natural e da Ciência, nas Carpintarias de São Lázaro e nas ruas de Lisboa, nos painéis electrónicos da MOP-TOMI

Tal como nas edições anteriores, o The New Art Fest 21, terá um espaço de debate e troca de ideias, House of Thoughts, promovendo debates, conferências e masterclass, presenciais e online, reforçando assim a sua vertente educativa e sócio-cultural.

António Cerveira Pinto
Luísa Moreira
Manifesto do curador

Recomeçar

A pandemia ainda não se esvaneceu. Prevêem alguns que a normalidade, provavelmente uma nova normalidade, só ganhará forma a partir de 2024, ou 2025. Esperemos que venha a ser menos intensiva, exploradora de recursos finitos, consumista, concentrada, pueril e desigual, mais livre e responsável, equilibrada, partilhada e em sintonia crescente, portanto, com o resto da vida e das coisas de que a vida depende. Até lá, melhorar a transparência e qualidade das informações, diminuir a propaganda e a especulação, e imaginar o mundo depois da extensa destruição causada pela pandemia e pela resposta dada é, também, um objetivo prioritário da atividade artística, da cultura na sua mais ampla acepção e, por conseguinte, desde festival.

Tendo sido realizado desde a sua primeira edição, em 2016, em espaços físicos (in real life) e imateriais (online), soube adaptar-se rapidamente aos novos constrangimentos provocados pelo vírus biológico que se espalhou rapidamente pelo planeta. A primeira parte da edição 20_21 do The new Art Fest | where art meets technology, teve por tema a Pandemia, dando lugar a um extraordinário Open Call, no qual participaram 50 artistas e coletivos (selecionados entre 167 candidaturas), a um levantamento da arte chinesa criada pela chamada Geração Y, ou seja, pela geração dos chamados nativos digitais, e ainda a uma colaboração com a comunidade tecno-criativa de Hong-Kong, incluindo videos de cinco artistas escolhidos por Isaac Leung, produzidos em parceria com o Content Lab e o Videotage de Hong Kong, para a rede TOMI, e um painel de discussão online.

O que, apesar de previsto, não foi possível mostrar fisicamente em Lisboa, terá agora lugar, entre julho e setembro, no Museu Nacional de História Natural e da Ciência, nas Carpintarias de São Lázaro nos painéis electrónico da MOP-TOMI na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa e, uma vez mais, na nossa plataforma online. Duas exposições, coletiva no MUHNAC, individual de Rodrigo Gomes (vencedor do Black Raven Award 2020), e a continuação de mais uma edição de The House of Thoughts, começada em 2020 (Sessão 1), e que contará em setembro com a sua Sessão 2, subordinada ao tema Recomeçar (Reboot)..

António Cerveira Pinto

Hong Wai, Lacy Calligraphie Series Yuge Zhou, Underground Circuit Sun Xiaoxing, Cyber Theatre Project - “Here Is the Message You Asked For… Don’t Tell Anyone Else ;-)” Hui Ye, Quick Code Service Peng Yun, Miss Melissa and Mr fish at 2:31 p.m. Kenny Wong, ][LIMINAL][ Jiayu Liu, Happy Recipe Yang Jian, Internet of Things Thianyi Zhang & Ling Liu, Zelffie project Kenny Wong, The Breathing Canvas Sun Xun, Tears of Chiwen Jiayu Liu, Tracing the Sky Hong Wai, Secret de Boudoir Series Hui Ye, Lip Sync Sun Xun, Time Spy h0nh1m (Chris Cheung), No Longer Write - Mochiji / 封筆 - 墨池記 Yang Jian, Forest of Sensors Yang Jian, Trimming Time Cheuk Wing Nam, Documentation of my DIY "wingtronics" Queremos perceber e sentir como os nativos digitais chineses vêem o mundo e o representam. Ver exposição GenY

Zael von Mazon, Liminal Presences Fernanda D´Agostino, Liminal Performance Space João Bacelar, Covid Blues Kristina Petukhica, Sound of Isolation Sun Xiaoxing, A dolls House Episode I: TIK TOK Doll John-Robin Bold, SoundCloud Post: Stream Robert Jarvis, SonoraV19 Melania Olcina, Homo André Sier, An Observer ToL - Sierpinsky, Ikeda, Log, Navier-Stokes João Moita, Oni Max Haarich, Pandemic words Amy Youngs, Iris Meier et al., Un-becoming Carbon: Traveling in Intercellular Space Joseph Ayerle, Surviving The Purple Prophecy Robert B. Lisek, Viral Capital Mateus Domingos, Grow Dilum Coppens, Pandemonium Leonel Moura, Moura Museum, 2020 Fay Heady, OTAKU BOI Lina Dovydenaite, Democratopia Daria Milyukhina e Anton Sosulnikov, In the field of ANXIETY Red Rubber Road, Together A Part Rodrigo Gomes, Ariane Domenico Barra, WPG/s - White Page Gallery /s Ken Rinaldo, Scater Surge: Holobiome João Frazão, Neuronautilus- eSpanTasma Rubens Passaro, Umwelt Sandra Araújo, And if we HIGH-5 HTP Katai, Sonia Alice Daeun Kim, Kindness Daniela Lucato, My name is Sami Kate Walker, And I Feel Fine Tahn, From that Time Sandra Araújo, u$aar v3.0 Yinglin Zhou, Square Deception Sandra Araujo, Mom, I'm Not Eating Edu Fernández, The passion of Edu Fernández Analema Group, Kima: Colour in 360 Anna Taganzeva Kobzeva, Navigatio Timo Kalen, Holding my Breath Sandra Zuzarte, FUMO Francisco Pinto, But Mother I don´ t Want to Grow Up Pedro Ferreira, Debris Sam Heydt, Untitled Covid19 Fabrizio de Potestad i Fornari, Viral Counterpoint Covid-19 Opus Margarida Sardinha, Pleroma hyper-rotoreleifs Bailey Keogh, Capitalist Reparations Yinglin Zhou, Chinese Slang Karisma, Besitos Yinglin Zhou, One World one Dream Susana Kalemou, iLucidDreams Ken Rinaldo, The Opera For Dying Insects Jonas Runa, Infodemics Regina Frank, PTS Pandemic Autonomias Duvidosa, Frequency suggestion Nenad Nedeljkov, F_Station Encontro de artistas e públicos, que vivem a nova cultura tecnológica de forma intensa. Ver exposição Maker Art

Lu Yang, The Great Adventure of the Material World Suze Chan, What is it that makes the days different? Zhiwan Cheung, Arcifinious Faces Places and Spaces Chen Pin Tao, Baptizing the Capitalist Pigs by the Clear Water Bay Bit Street Hong Kong mostra a arte ao grande público, através dos paineis electrónicos urbanos de Lisboa Ver exposição Bit Street Hong Kong

Kenny Wong, The Breathing Canvas Yang Jian, Trimming Time Yuge Zhou, Underground Circuit Cheuk Wing Nam, Documentation of my DIY "wingtronics" Hui Ye, Quick Code Service Jiayu Liu, Tracing the Sky Yang Jian, Forest of Sensors Jiayu Liu, Happy Recipe Sun Xun, Time Spy h0nh1m (Chris Cheung), No Longer Write - Mochiji / 封筆 - 墨池記 Yang Jian, Internet of Things Sun Xiaoxing, Cyber Theatre Project - “Here Is the Message You Asked For… Don’t Tell Anyone Else ;-)” Peng Yun, Miss Melissa and Mr fish at 2:31 p.m. Hong Wai, Lacy Calligraphie Series Hui Ye, Lip Sync Thianyi Zhang & Ling Liu, Zelffie project Kenny Wong, ][LIMINAL][ Sun Xun, Tears of Chiwen Hong Wai, Secret de Boudoir Series Queremos perceber e sentir como os nativos digitais chineses vêem o mundo e o representam. Ver exposição GenY

Sandra Araujo, Mom, I'm Not Eating Ken Rinaldo, The Opera For Dying Insects Mateus Domingos, Grow Fay Heady, OTAKU BOI Rubens Passaro, Umwelt Rodrigo Gomes, Ariane Margarida Sardinha, Pleroma hyper-rotoreleifs Susana Kalemou, iLucidDreams Amy Youngs, Iris Meier et al., Un-becoming Carbon: Traveling in Intercellular Space Yinglin Zhou, Chinese Slang Yinglin Zhou, Square Deception Bailey Keogh, Capitalist Reparations Sandra Araújo, And if we HIGH-5 HTP Alice Daeun Kim, Kindness Domenico Barra, WPG/s - White Page Gallery /s Joseph Ayerle, Surviving The Purple Prophecy João Bacelar, Covid Blues João Moita, Oni Autonomias Duvidosa, Frequency suggestion Edu Fernández, The passion of Edu Fernández Tahn, From that Time Sun Xiaoxing, A dolls House Episode I: TIK TOK Doll Regina Frank, PTS Pandemic Anna Taganzeva Kobzeva, Navigatio Francisco Pinto, But Mother I don´ t Want to Grow Up Melania Olcina, Homo Robert Jarvis, SonoraV19 Kristina Petukhica, Sound of Isolation Red Rubber Road, Together A Part Sam Heydt, Untitled Covid19 Daniela Lucato, My name is Sami Kate Walker, And I Feel Fine Karisma, Besitos Nenad Nedeljkov, F_Station Leonel Moura, Moura Museum, 2020 Timo Kalen, Holding my Breath João Frazão, Neuronautilus- eSpanTasma Fabrizio de Potestad i Fornari, Viral Counterpoint Covid-19 Opus Pedro Ferreira, Debris Fernanda D´Agostino, Liminal Performance Space Ken Rinaldo, Scater Surge: Holobiome Lina Dovydenaite, Democratopia André Sier, An Observer ToL - Sierpinsky, Ikeda, Log, Navier-Stokes Jonas Runa, Infodemics Yinglin Zhou, One World one Dream Robert B. Lisek, Viral Capital John-Robin Bold, SoundCloud Post: Stream Daria Milyukhina e Anton Sosulnikov, In the field of ANXIETY Sandra Zuzarte, FUMO Dilum Coppens, Pandemonium Max Haarich, Pandemic words Sandra Araújo, u$aar v3.0 Katai, Sonia Analema Group, Kima: Colour in 360 Zael von Mazon, Liminal Presences Encontro de artistas e públicos, que vivem a nova cultura tecnológica de forma intensa. Ver exposição Maker Art

Lu Yang, The Great Adventure of the Material World Zhiwan Cheung, Arcifinious Faces Places and Spaces Chen Pin Tao, Baptizing the Capitalist Pigs by the Clear Water Bay Suze Chan, What is it that makes the days different? Bit Street Hong Kong mostra a arte ao grande público, através dos paineis electrónicos urbanos de Lisboa Ver exposição Bit Street Hong Kong

BEM-VINDO A LISBOA!

Apoio

Bem-vindos à quarta edição do The New Art Fest — where art meets technology.

The New Art Fest é um festival de arte, ciência e tecnologia, que acontece em Lisboa desde 2016.

Durante a preparação da edição do New Art Fest de 2020 ocorreu e ainda perdura um evento mundial catastrófico, invisível, mas altamente destrutivo. A vida cotidiana tombou como um castelo de cartas. Museus e galerias de arte fecharam. Os artistas deixaram de poder trabalhar nos seus estúdios. A nossa vida tornou-se ainda mais digital e mais online, deixando os espaços físicos entregues à incerteza. As tensões políticas em todo o mundo deram o empurrão que faltava para uma tempestade perfeita e para a histeria colectiva. Os patrocinadores desapareceram. O festival ficou, de repente, a flutuar num vazio físico e orçamental.

Havia então duas opções: cancelar tudo o que estava previsto, deitar ao lixo um ano de trabalho, ou migrar em força para as plataformas online. A opção foi não desistir, e assim avançámos para um festival radicalmente desmaterializado, esperando tirar o melhor partido das suas quatro secções: Geração Y, Bit Street Honk Kong, Maker Art e The House of Thoughts.

Na ausência de um cubo branco livre de vírus, The New Art Fest teve que migrar para o éter tecnológico, substituindo o espaço pelo tempo. Isto é, um artista de cada vez…

A exposição Geração Y, que reune artistas, obras e referências de mais de 30 autores chineses nascidos depois de 1980, inaugura no dia 9 de julho, às 15:00 (22:00 em Pequim, Macau e Hong Kong). A exposição Maker Art, resultado de um Open Call internacional que atraiu mais de 150 artistas de todo o mundo, abrirá as suas portas digitais a 29 de julho. Bit Street Hong Kong, resultante da parceria entre The New Art Fest e o Content Lab – uma das principais instituições de ‘new media art’ na China —, inaugura a 7 de agosto, com uma conferência Zoom internacional. A Casa das Ideias (The House of Thoughts) acontecerá mais tarde, com programa e horário a anunciar em breve.

António Cerveira Pinto
Luísa Moreira

Parceiros

Videotage is financially supported by the HKADC.

Hong Kong Arts Development Council fully supports freedom of artistic expression. The views and opinions expressed in this project do not represent the stand of the Council.

Apoio

Parceiros

Videotage is financially supported by the HKADC.

Hong Kong Arts Development Council fully supports freedom of artistic expression. The views and opinions expressed in this project do not represent the stand of the Council.