Skip to content

Bailey Keogh

1992
, USA, vive e trabalha em Berlim, Alemanha

Bailey Keogh (EUA, 1992) foca-se na forma como a tecnologia se baseia no passado e na correspôndência com a história da arte, através da utilização de vertentes intrínsecas à cultura da internet, às conexões humanas e às forças opressivas na sociedade.

Keogh usa como fonte de dados para o seu trabalho as ‘interações online’ contextualizando-as em uma infinidade de formas, desde imagens de referência até dados brutos. O trabalho em si não é frequentemente apresentado, mas sim carregado em versões.

O objetivo final de Keogh é usar a arte não apenas para destacar problemas da sociedade, mas como uma ferramenta literal para a mudança.

Sediada em Berlim desde 2017, foi curadora em exposições como Haema, foi consultora de projetos de cripto e blockchain, e produziu trabalhos dentro de seus suportes escolhidos.

@ The New Art Fest 2020

Partilhar esta página